quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O ALEPH.

Amo leituras!
Sempre tenho um livro na bolsa,  pois todas as vezes que preciso de esperar por algo,  viajo com a leitura. 
O ALEPH.
Autor:   PAULO COELHO.
Editora: SEXTANTE 
Categoria: LITERATURA NACIONAL / ROMANCE.
O ALEPH marca a volta de PAULO  COELHO às origens. Num relato pessoal franco e surpreendente, ele revela como uma grave crise de fé o levou a sair à procura de um caminho de renovação e crescimento espiritual.
             Desde o lançamento desse livro não tinha sentido atração por ele, mas ápos assistir uma entrevista com o autor aguçou-me a desejo de lê-lo e o adquiri ...
Antes porém queria conhecer um pouco do Aleph?  Pesquisando encontrei um livro do Borges
que se tratava do tema.
ALEPH,O

Autor: BORGES, JORGE LUIS
Tradutor: ARRIGUCCI JUNIOR, DAVI
Editora: COMPANHIA DAS LETRAS
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA - LATINO-AMERICANA
O Aleph (no original, El Aleph) é um livro de histórias curtas de Jorge Luis Borges, publicado em 1949 e contendo, entre outros, o conto que dá nome ao livro.
O escritor aborda vários pontos paradoxais como a imortalidade, a identidade, o duplo, a eternidade, o tempo, a soberba, a condição humana e suas crenças, com um alto grau de criatividade e escrita superior, com elevadissimo grau cultural, submetendo o leitor à um intrincado labirinto de ideias e reflexões.
O livro se abre com "O imortal", onde temos a típica descoberta de um manuscrito que relatará as agruras da imortalidade. E se fecha com "O aleph", para o qual Borges deu a seguinte "explicação" em 1970: "O que a eternidade é para o tempo, o aleph é para o espaço". Como o narrador e o leitor vão descobrir, descrever essa idéia em termos convencionais é uma tarefa desafiadoramente impossível. (wikipédia)
 Segundo Borges: O que a eternidade é para o tempo, o aleph é para o espaço e para Paulo Coelho é o ponto onde tudo está no mesmo lugar ao mesmo tempo.  Estou em uma janela olhando para o mundo e seus lugares secretos, a poesia perdida no tempo e as palavras esquecidas no espaço.  Lindo não?

Voltando ao Livro Aleph com Paulo Coelho. (Resenha)

 O Aleph marca a volta de Paulo Coelho às origens. Num relato pessoal franco e surpreendente, ele revela como uma grave crise de fé o levou a sair à procura de um caminho de renovação e crescimento espiritual.
Para se reaproximar de Deus, o mago resolve começar tudo de novo: viajar, experimentar, se reconectar às pessoas e ao mundo. E assim, entre março e julho de 2006, guiado por sinais, visita três continentes – Europa, África e Ásia –, lançando-se em uma jornada através do tempo e do espaço, do passado e do presente, em busca de si mesmo.
Ao longo da viagem, Paulo vai, pouco a pouco, saindo do seu isolamento, se despindo do ego e do orgulho e se abrindo à amizade, ao amor, à fé e ao perdão, sem medo de enfrentar os desafios inerentes à vida.
Da mesma maneira que o pastor Santiago em O alquimista, o escritor descobre que é preciso ir para longe a fim de compreender o que está perto. A peregrinação o faz se sentir vivo novamente, capaz de enxergar o mundo com olhos de criança e de encontrar Deus nos pequenos gestos cotidianos.
Amei a leitura desse livro! Vale a pena conferir.

“Nossa vida é uma constante viagem, do nascimento à morte. A paisagem muda, as pessoas mudam, as necessidades se transformam, mas o trem segue adiante. A vida é o trem, não a estação.”
Bonito e inspirador, Aleph é um convite à reflexão sobre o significado da nossa jornada pessoal: será que estamos onde queremos estar, fazendo o que desejamos fazer? 

13 comentários:

  1. Deve ser bem bom mesmo!Boa dica de leitura!!!beijos praianos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá

    Passando para convidar você para o sorteio
    de um Avental Lindo de Patchwork que tem no meu Blog!

    Vem Participar!

    Beijinhos Jê

    ResponderExcluir
  3. Imaculada, nunca li Paulo Coelho. Não é meu estilo de leitura. E nunca tentei.
    Como vc amo ler. Tenho uma biblioteca catalogada, organizada com mais de 1000 livros.
    Mas prefiro levar revistas(Veja, Época, etc) se estou esperando em fila.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Imaculada

    Também adoro ler mas confesso que estou em falta com a leitura em compesação minha filhota adora ler...incluise fez um blog sobre esse tema (www.gabinaterradolivro.blogspot.com)
    Quanto ao Paulo Coelho li os 1º livros dele é tdo de bom.

    bjs
    Rosangela

    ResponderExcluir
  5. O Aleph do Jorge Luís Borges eu li. Gostei muito. São contos poucos convencionais e a gente tem que estar com a mente aberta. Confesso que em alguns contos de Borges o "significado" que ele quer passar me foge um pouco. Mas as vezes acho que algumas coisas só somos capazes de entender com o tempo. Às vezes não estamos prontos mesmo para aquele determinado entendimento. Outros contos porém são muito bons, inserindo-se num estilo de literatura que eu particularmente gosto: o realismo fantástico, que tem como um outro grande representante o Gabriel Garcia Marques.

    Muito, muito legal seu post.

    Gde. Bj.

    ResponderExcluir
  6. Imaculada,
    este livro ainda não li.
    Já li outros do Paulo Coelho, quem sabe não leia este tb.
    Beijos e bom dia.

    ResponderExcluir
  7. Adoramos o seu blog,é maravilhoso e sempre estamos por aqui conferindo todas as novidades.
    Desejamos a vc um ótimo final de semana.
    Super beijos da Glorinha.
    http://sbrincos.blogspot.com
    Continuamos com a campanha Google +1

    ResponderExcluir
  8. Gostei de dica...sempre li Paulo Coelho na juventude, esse ainda não conheço, mas parece bem legal e imperdível!
    Bjs, bons pensamentos e boas energias no fim de semana!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  9. Tenho vários livros do Paulo Coelho (um escritor que adoro), contudo ainda não li esse. Fiquei bem curiosa.

    Bom fim-de-semana!

    ResponderExcluir
  10. Imaculada,uma excelente dica!Eu gosto de Paulo Coelho mas ainda não li esse livro dele.Gostei!Bjs,

    ResponderExcluir
  11. Oi Imaculada! Vou comprar esse livro, tenho certeza de que vou gostar! Eu amei os primeiros livros de Pulo Coelho, mas quando ele começou a publicar um livro atrás do outro, ele se perdeu um pouco (ou muito!), a leitura não me agradou mais... Esse me parece ser como os primeiros... Boa dica! Bjks e bom final de semana! Tetê - Livre Pensamento

    ResponderExcluir
  12. Amiga querida, eu adorei a sinopse do livro, vou comprar, amanhã quero ver se encontro, me atraiu tanto, obrigada pela dica, beijinhos Imaculada, um lindo final de semana para você, amiga!

    ResponderExcluir