sábado, 18 de fevereiro de 2017

Deixe Deus nos orientar.


Bom finalzinho de tarde e uma semana de bençãos pra voces!
Um pequeno texto (de Renata Fagundes) que li, gostei e senti desejo de partilhar: 


Todo mundo sente medo, sente dor, tenta consertar o que não tem conserto, carregamos marcas que não se apagam, ausências que fazem doer o peito. Mas ainda é possível ouvir estrelas. Deixar que nossa luz nos oriente. Ainda podemos rir como se a alegria fosse nosso melhor adereço.
Acredito que pés descalços é o luxo da alma. Que estar perto é menos físico que a gente pensa. Que olhos falam, palavras estragam, e silêncio grita. Que a gente quer amar pra sempre, abrir o peito, recitar poema, sem se preocupar com o que os outros pensam. Sei que o que mais vale a pena é chamado de coisa pequena, que vira importante quando a gente deixa de achar que é grande.


Grande abraço e um mimo do meu jardim pra todos!!!






7 comentários:

  1. Um texto lindo e bem escolhido,imaculada! E adorei o tucano.Teu visitante no jardim? beijos, ótimo domingo! chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, linda mensagem!!Hj entendo que estar perto realmente é menos fisico do que a gente pensa. Obrigada por ser assim mãe, sempre se fazendo tão presente mesmo longe. Amo vc!!

    ResponderExcluir
  3. Boa Noite, querida Imac!
    Para mim, também é luxo andar descalça... amo...
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Amiga que conforto no meu coração obrigada pelo carinho que vc transfere e transborda, bjos

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, Imac...
    Um texto bonito e leve... Como precisamos de simplicidade, leveza e alegria na alma!... O segredo é cativar...
    Bonito mimo, Tucano... Obrigada...
    Bjs e muitíssima paz...

    ResponderExcluir
  7. Que surpresa boa, querida Imaculada! E eu pensando que o blog já não existia mais e tanto me lembrava dele.
    E com um texto reflexivo lindo demais! Só um coração deveras grande sente o tamanho das coisas pequenas e o grito do silêncio. Depois, nesse paraíso com tucanos e flores, como não sentir a presença do Alto?
    Adorei!
    Um grande beijinho

    ResponderExcluir